Introdução

As varizes acometem cerca de 20-30% dos adultos. A insuficiência da veia safena magna é a forma mais comum de insuficiência venosa em pessoas que apresentam sintomas. Pessoas com insuficiência venosa podem ter os seguintes sintomas: fadiga, dor, edema e cãimbras nas pernas. Insuficiência venosa crônica pode, em alguns pacientes, levar a hiperpigmentação da pele, dermatite inflamatória e ulceração.

Como é realizado o procedimento ?

Uma agulha é introduzida na veia comprometida guiada por imagens de ecografia vascular e realizamos a injeção da espuma esclerosante (combinação de um liquido esclerosante denominado Polidocanol e ar ambiente) ocasionando obliteração do lúmen da veia e oclusão da mesma. Se alguma veia não é completamente tratada, injeções adicionais podem ser dadas em sessões posteriores.

espuma ecoguiada
espuma ecoguiada

Escleroterapia com espuma

Qual é a eficácia do método de espuma ecoguiada ?

Evidências atuais sobre a espuma ecoguiada para varizes sugere que o método é eficaz no curto e médio prazos. Estudos têm demonstrado que o tratamento é bem sucedido em cerca de 67-94% de pacientes depois de 3 meses a 10 anos de seguimento.

Quais são os efeitos colaterais ?

Algumas pessoas referem distúrbios visuais transitórios, desconforto no peito ou dor de cabeça imediatamente após o tratamento, isso é muito raro e evidenciado por um período curto de tempo.

Depois de algumas semanas ainda pode-se sentir uma nodulação no trajeto da veia tratada isto é normal e geralmente se resolve espontâneamente. Um pequeno número de pacientes podem desenvolver uma pigmentação no trajeto das veias tratadas. Isto tende a desaparecer com o tempo, mas pode não se resolver completamente.

Certificações / Titulos

Passe o mouse para ampliar

Destaques

Uma agulha é introduzida na veia comprometida guiada por imagens de ecografia vascular e realizamos a injeção da espuma esclerosante.

Espuma ecoguiada

Consiste no disparo do Laser através da pele promovendo a destruição da varicosidade pela dissipação de calor intenso, localizado e seletivo.

laser transdérmico

O tecido alvo reage com a energia da luz, O procedimento é minimamente invasivo e não requer anestesia geral.

laser endovenoso

É um tratamento para o refluxo venoso superficial, uma alternativa menos invasiva a cirurgia tradicional.

radiofreqüência

Importante:

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.

Responsável Técnico: Dr. Walter Jr. Boim Araujo - CRM: 19850-PR;

Especialista em Cirurgia Vascular (RQE nº 14638); Ecografia Vascular com Doppler (RQE nº 333); Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular (RQE nº 1489).

Desenvolvido por: Paulo Henrique