O que é traumatismo vascular

O traumatismo vascular é a destruição dos vasos sangüíneos que nutrem importantes áreas do organismo. Esta perda de integridade interrompe abruptamente o suprimento de oxigênio para os tecidos, carreado pelo sangue, levando à morte dos mesmos.

traumatismo vascular

Quais as causas ?

A violência nos centros urbanos e os acidentes de trânsito e trabalho são os principais responsáveis pela maioria dos traumas vasculares.

Qual a importância ?

É a segunda causa de morte no mundo e a primeira entre a faixa etária até os 40 anos, refletindo com importante conotação sócio-econômica para o país.

Qual o quadro clínico e diagnóstico ?

O quadro clínico pode ser variado conforme o tipo de agente etiológico (faca, projétil de arma de fogo, acidentes etc), a localização do ferimento vascular e as manifestações provocadas por lesões associadas neurológicas, de ossos e articulações e de tecidos moles (músculo, sub-cutâneo e pele).

O diagnóstico é facilmente realizado pela presença de hemorragia através da área lesada, hematoma que aumenta de volume e pela diminuição da temperatura e palidez do membro afetado, corroborado pela ausência de pulsos distais à lesão.

Em Alguns casos faz-se necessário a realização de métodos diagnósticos como o ecodoppler e arteriografia, para melhor elucidação do caso.

traumatismo vascular

Qual a conduta a ser tomada frente a um traumatismo vascular ?

A conduta a ser tomada é a mobilização de equipes de atendimento pré-hospitalar (por ex: SIATE, SAMU etc) para transferência do paciente para uma unidade hospitalar onde tenha cirurgião vascular de plantão, para que se realize a correção da lesão no tempo adequado. Durante este período devem-se realizar medidas como:

*Compressão do local da ferida.

*Elevação do membro lesado.

*Não utilizar torniquetes. O uso de torniquetes deve ser evitado (oclui a circulação venosa; circulação colateral etc); no entanto quando os recursos materiais e humanos forem mínimos e a compressão externa ineficaz, um torniquete bem aplicado pode preservar a vida.

*Não remover agentes lesivos empalados (por exemplo faca, caco de vidro etc) pois estes devem ser removidos somente na sala de operação, eventualmente após avaliação angiográfica pré-operatória, pelo risco de desencadearem uma hemorragia potencialmente fatal.

Qual a importância do tratamento cirúrgico imediato por um cirurgião vascular experiente ?

A importância da correção efetiva destas lesões favorece a reabilitação precoce destes pacientes. Já as lesões não corrigidas de forma eficaz podem levar a sérias complicações, desde limitações funcionais até a perda do membro.

Certificações / Titulos

Passe o mouse para ampliar

Destaques

Uma agulha é introduzida na veia comprometida guiada por imagens de ecografia vascular e realizamos a injeção da espuma esclerosante.

Espuma ecoguiada

Consiste no disparo do Laser através da pele promovendo a destruição da varicosidade pela dissipação de calor intenso, localizado e seletivo.

laser transdérmico

O tecido alvo reage com a energia da luz, O procedimento é minimamente invasivo e não requer anestesia geral.

laser endovenoso

É um tratamento para o refluxo venoso superficial, uma alternativa menos invasiva a cirurgia tradicional.

radiofreqüência

Importante:

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.

Responsável Técnico: Dr. Walter Jr. Boim Araujo - CRM: 19850-PR;

Especialista em Cirurgia Vascular (RQE nº 14638); Ecografia Vascular com Doppler (RQE nº 333); Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular (RQE nº 1489).

Desenvolvido por: Paulo Henrique