Varizes e gravidez

A própria gestação é um dos principais fatores de risco para varizes.

Há vários motivos para que isso ocorra:

- Durante a gravidez ocorre um aumento do volume de sangue.

- Ocorre a diminuição da velocidade do retorno do sangue das pernas para a pelve e abdome, fazendo com que ocorra um aumento da pressão sobre as veias.

- Um nível mais alto do hormônio progesterona também contribui para varizes, fazendo com que as veias fiquem mais dilatadas.

As varizes durante a gravidez não estão limitados as pernas, elas também podem ocorrer na vulva e serem pequenas e quase imperceptíveis , ou podem ser muito grandes e dilatadas, levando a desconforto para se sentar.

Você não pode controlar uma história familiar de varizes, nem as mudanças em sua circulação, muito menos as alterações hormonais durante a gravidez. Ainda assim, você pode tomar medidas para ajudar a prevenir ou atenuar os efeitos das varizes durante a gravidez.

Algumas Dicas:

1- Eleve as pernas. Elevar as pernas acima do nível do seu coração pode ajudar a promover a circulação. Você pode até colocar um travesseiro firme entre o colchão e a cama para levantar as pernas enquanto você dorme.

2- Mudar de posição. Se você tende a caminhar por longos períodos de tempo , faça pausas regulares para se sentar. Se você tende a sentar-se muito, caminhe regularmente.

3- Monitore seu peso. O ganho de uma grande quantidade de peso em um curto período de tempo é especialmente prejudicial para suas veias.

4- Utilize meia elastica medicinal prescrita pelo seu medico.

5- Beba muitos líquidos e faça uma dieta rica em fibras.

6- Siga as orientações de seu Ginecologista e Angiologista/Cirurgião Vascular.

As varizes que se desenvolvem durante a gravidez muitas vezes desaparecem dentro de alguns meses a um ano após o parto – quando você tiver se recuperado das alterações da hemodinâmica vascular e hormonais da gravidez.

Enquanto isso, não hesite em discutir as suas preocupações ou desconfortos com o seu Angiologista/Cirurgião Vascular.

Certificações / Titulos

Passe o mouse para ampliar

Destaques

Uma agulha é introduzida na veia comprometida guiada por imagens de ecografia vascular e realizamos a injeção da espuma esclerosante.

Espuma ecoguiada

Consiste no disparo do Laser através da pele promovendo a destruição da varicosidade pela dissipação de calor intenso, localizado e seletivo.

laser transdérmico

O tecido alvo reage com a energia da luz, O procedimento é minimamente invasivo e não requer anestesia geral.

laser endovenoso

É um tratamento para o refluxo venoso superficial, uma alternativa menos invasiva a cirurgia tradicional.

radiofreqüência

Importante:

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. De nenhuma forma devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento e auto-medicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA.

Responsável Técnico: Dr. Walter Jr. Boim Araujo - CRM: 19850-PR;

Especialista em Cirurgia Vascular (RQE nº 14638); Ecografia Vascular com Doppler (RQE nº 333); Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular (RQE nº 1489).

Desenvolvido por: Paulo Henrique